Transformar desafios em oportunidades: O que se segue para o sector francês dos seguros e da gestão de sinistros?

24 de março de 2023

Partilhar no LinkedIn Partilhar no Facebook Partilhar no X

Por .

Coletivamente, estamos perante um cocktail de acontecimentos - desde uma pandemia à guerra na Europa e, mais recentemente, à inflação. Estas circunstâncias criaram uma crise única em França, como não se via há quase duas décadas. Embora muitas pessoas estejam optimistas, o fenómeno teve um impacto no mercado dos seguros e dos riscos empresariais que não pode ser ignorado. Incentivou-nos a não nos furtarmos a novas abordagens, a desenvolver novas soluções e a gerir os riscos de forma diferente. 

Pensar de forma dinâmica e criativa 

Curiosamente, quando ocorre uma crise, muitas pessoas começam a questionar-se e a repensar a sua abordagem ao negócio. Isto abre a porta a novas formas de pensar. Embora as crises tragam desafios, também introduzem abordagens diferentes e desenvolvimentos positivos, uma vez que são propostas novas soluções para ultrapassar problemas passados. 

Começámos a testemunhar como as tendências recentes estão a fazer ondas na indústria, particularmente no domínio da gestão de sinistros. Quando confrontadas com uma crise, todas as partes envolvidas começam a refletir sobre a sua atividade e processos principais, quer se trate de subscrição ou de gestão de sinistros. Como parte das suas reflexões, as organizações tentarão encontrar a melhor pessoa, fornecedor, tecnologia ou produto para gerir os desafios - reposicionando a sua abordagem conforme necessário.

Gestão delegada de sinistros

Os empregadores necessitam de ferramentas de gestão de sinistros que lhes permitam personalizar rapidamente a informação com base nas suas necessidades. Durante anos, a Sedgwick tem vindo a desenvolver soluções de gestão de sinistros delegadas para grandes empresas e organizações internacionais. A tendência de delegação de sinistros está a progredir em França, em parte devido à aproximação contínua com os corretores. Estamos em condições de oferecer uma abordagem personalizada que proporciona a melhor solução possível - tornando a gestão de sinistros mais eficiente e flexível. Com os nossos painéis de controlo viaOne, os clientes têm várias formas de visualizar e filtrar os dados dos sinistros utilizando uma interface simples e moderna. Se um novo documento ou métrica for adicionado, eles têm visibilidade. Se a capacidade for limitada, eles podem economizar tempo usando a ferramenta em vez de pegar o telefone para atualizações. 

Empresas cativas

Estará a França no início de uma nova era? Países como o Luxemburgo colheram os benefícios das empresas cativas - e a França pode estar a caminho de implementar o mesmo. Para algumas empresas, os seguros tradicionais não são os mais adequados ou podem não ser uma opção. As soluções cativas dão-lhe propriedade, controlo e serviços estratégicos de sinistros e riscos para ajudar a gerar lucros. São a melhor ferramenta de governação para um grande grupo, oferecendo a capacidade de gerir os riscos de forma diferente em tempo real. Em 2023, a França poderá estar no bom caminho para implementar as empresas cativas nas empresas de média dimensão. Para esta iniciativa, pessoas competentes e ferramentas avançadas simplificarão o processo. A capacidade de obter dados fiáveis e detalhados irá destacar fontes e áreas de risco e, acima de tudo, permitir que sejam partilhados para implementar acções de prevenção. Este é um desafio empolgante que estamos prontos a enfrentar com as nossas empresas clientes em França.